Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Perguntas frequentes > Base de Dados - Conceitos e Conteúdo
Início do conteúdo da página

Perguntas Frequentes

Pesquise sua pergunta

Base de Dados - Conceitos e Conteúdo

Quais as informações disponíveis no CAGED referentes a estabelecimentos e empregados?

Ver Informações dos Estabelecimentos e dos Empregados

Qual a diferença entre RAIS e CAGED?

Veja comparativo entre RAIS e CAGED

Como é calculada a remuneração média mensal em salários mínimos na Base RAIS ?

É a divisão da remuneração mensal pelo salário mínimo correspondente a um respectivo mês, em seguida soma-se cada valor encontrado e divide-se o resultado pelo número de meses trabalhados durante o ano-base. Mais informações ver critério de geração que está disponível do portal do Ministério do Trabalho.

O que é massa salarial?

É o resultado do produto entre a remuneração média dos empregados e o número de empregos. Na RAIS, as informações de remuneração excluem o 13º salário.

Como calcular a massa salarial anual?

A MASSA SALARIAL ANUAL é a soma da MASSA SALARIAL DOS 12 MESES DO ANO, acrescido ou não do 13º salário, isto é, o somatório do produto entre a remuneração média mensal pelo número de vínculos empregatícios ativos no mês. Entretanto, como a remuneração média mês a mês não está disponível na base estatística, uma boa estimativa para o cálculo da massa salarial anual pode ser obtida pelo produto da MASSA SALARIAL DE DEZEMBRO por 12 ou por 13, caso considere o 13º salário.

A que se refere a variável "EMP em 31/12" constante na Base RAIS (Trabalhador) ?

Essa variável indica a situação do vínculo do empregado em 31/12 do ano a que se refere a base RAIS. A categoria SIM indica que o vínculo está ativo no final do ano em questão, ou seja, não teve desligamento durante o ano. A categoria NÃO indica que o vínculo está inativo no final do ano, ou seja, teve desligamento durante o ano em questão.

Quais são os principais conceitos utilizados nas bases de dados ?
Quais as principais características e novidades da CNAE 2.0 ?

Além de uma melhorar a uniformização das informações relativas a atividade econômica nas declarações dos Registros Administrativos do Mtb, a CNAE 2.0 veio adequar os padrões da classificação de atividades econômicas brasileiras aos padrões internacionais. Ocorreram também alterações operacionais em suas agregações como: Definição de "SEÇÃO" reunindo as atividades de Informação e Comunicação; Expansão das categorias das atividades de Serviços; Definição de "SEÇÃO" específica para as atividades ligadas ao meio ambiente e melhoria na definição das categorias, além de atendimento a demandas específicas do país e elevação de 581 classes na 1.0 para 673 classes na 2.0.

Qual é a definição de RAIS Negativa ?

É a declaração dos estabelecimentos que não mantiveram vínculos empregatícios.

Veja Comunicado MTE 139/2008.

Qual é o significado do termo "resíduo" ou “Ajustes” ou “Fora do Prazo ?

Refere-se a todas as informações entregues com atraso pelos estabelecimentos. Ver Nota Técnica 082/2011.

O que é vínculo?

É qualquer relação empregatícia mantida com o empregador durante o ano-base.

O que é taxa de rotatividade?

É a porcentagem dos trabalhadores substituídos mensalmente em relação ao estoque vigente no primeiro dia do mês de referência em termos geográfico e setorial, não incluindo o nível ocupacional. Dessa forma limita-se a medir a movimentação do trabalhador e não quantifica a substituição dos trabalhadores com o mesmo perfil ocupacional. A taxa de rotatividade mensal é obtida mediante a divisão do menor valor entre o total de admissões ou desligamentos pelo total de empregos no 1º dia do mês.

O que é flutuação de emprego?

Demonstra a movimentação das Admissões e Desligamentos em determinado período.

O que é variação absoluta?

Indica a diferença entre Admissões e Desligamentos (Saldo entre A - D).

O que é variação relativa?

Mostra o desempenho do emprego em termos percentuais. É obtida mediante a divisão da variação absoluta, pelo estoque do primeiro dia do mês.

O que é índice de emprego?

É o indicador da evolução do emprego formal. Calcula-se tendo por base o encadeamento das variações relativas mensais desde dezembro do ano imediatamente anterior.

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados - CAGED, sofreu alguma alteração metodológica desde a sua criação em 1965?

Sim. Ocorreram alterações metodológicas em 1967 e em 2002. As mudanças foram necessárias para o aperfeiçoamento dos registros de movimentação de trabalhadores admitidos e desligados. Periodicamente há necessidade de adequar os Registros Administrativos para um melhor acompanhamento das mudanças sociais e tecnológicas. A última alteração metodológica do Índice de Formalização do Emprego do CAGED não chegou a ser, precisamente, uma mudança, mas sim um aperfeiçoamento da metodologia existente. Esse aperfeiçoamento metodológico ocorreu ao longo de 2001 tendo sido concluído no mês de dezembro. O Índice de Formalização do Emprego com a metodologia reformulada teve início em janeiro de 2002.Ver Notas Técnicas MTE 051/02 e MTE 057/03.

Quais as razões que justificam o comportamento sazonal nos meses de dezembro, quando os desligamentos superam bastante as admissões?

O saldo de empregos apresenta forte queda em dezembro, influenciada mais pela redução das admissões, em torno de 30%, com relação à média mensal dos demais meses, do que pelo aumento das demissões, que chegam a 17%. Isto mostra que o problema não existe apenas pelo fato de as empresas demitirem mais, mas, principalmente, porque admitem muito menos em dezembro.

Outra razão pode estar relacionada ao menor número de novas empresas que iniciam as atividades no mês de dezembro, o que reduz ainda mais o número de contratações. Estas são grandes geradoras de novos postos de trabalho, embora estes empregos sejam mais voláteis (possuem uma duração média menor) que os das empresas já estabilizadas no mercado. Observa-se, com base nos dados do CAGED, que em dezembro ocorre uma queda de 33% na abertura de novas empresas, com relação à média dos demais meses do ano.

Como reconstituir o estoque da RAIS utilizando a variação do CAGED?

Veja as Notas Técnicas Nota Técnica MTE 002/96 e Nota Técnica MTE 059/03.

Qual é a definição da base RAISMIGRA?

A RAISMIGRA é uma base de dados derivada do registro administrativo Relação Anual de Informações Sociais - RAIS - e visa o acompanhamento geográfico, setorial e ocupacional da trajetória dos trabalhadores ao longo do tempo. A base está organizada de forma longitudinal, permitindo a realização de estudos de mobilidade, duração e reinsersão de indivíduos no mercado de trabalho, o que não é permitido pela base RAIS convencional, que está organizada por ano de referência da declaração dos vínculos.

A base da RAISMIGRA encontra-se indisponível.

Qual a origem da informação "Estoque 1º Janeiro", constante no aplicativo CAGED Estabelecimento (Internet) ?

A fonte desta informação é o CAGED, cuja base de referência por questões metodológicas é atualizada anualmente. Especificamente no caso de 2016, a atualização é obtida a partir dos estoques dos estabelecimentos que declararam à RAIS no ano-base 2014, acrescidos dos saldos das admissões menos os desligamentos declarados ao CAGED durante o ano de 2015. Recomendamos a leitura das  Notas Técnicas.

Quais os modelos de RAISMIGRA que existem?

Existem dois modelos da base de dados RAISMIGRA: o modelo "PAINEL" (posição do trabalhador ao longo do tempo), que permite estudos de mobilidade do indivíduo no mercado de trabalho; e o modelo "VÍNCULO" (relação de emprego formal estabelecida entre um estabelecimento e um trabalhador), que permite estudos de duração (tempo de emprego e desemprego) e reinserção, complementando o potencial de utilização da RAIS para acompanhamento do Mercado de Trabalho.

A base da RAISMIGRA encontra-se indisponível.

Como acessar a base RAISMIGRA?

Infelizmente a base da RAISMIGRA encontra-se indisponível. Estamos trabalhando para a disponibilização em breve.

Fim do conteúdo da página